sexta-feira, 13 de agosto de 2010

FOLCLORE BRASILEIRO - Sabedoria de um povo!!!

FOLCLORE - SIGNIFICADO

Gênero de cultura de origem popular, constituído pelos costumes e tradições populares transmitidos de geração em geração. Todos os povos possuem suas tradições, crendices e superstições, que se transmitem através de lendas, contos, provérbios, canções, danças, artesanato, jogos, religiosidade, brincadeiras infantis, mitos, idiomas e dialetos característicos, adivinhações, festas e outras atividades culturais que nasceram e se desenvolveram com o povo.  É comemorado no dia 22 de agosto.

Brasil Folclore

Um dos objetivos da UNESCO é orientar as comunidades no sentido de bem administrar sua herança folclórica, sabendo que o progresso e as mudanças que ele provoca podem tanto enriquecer uma cultura como destruí-la para sempre.

HISTÓRIA DO FOLCLORE

O interesse pelo folclore nasceu entre o fim do século XVIII e o início do século XIX, quando estudiosos como os Irmãos Grimm e Herder iniciaram pesquisas sobre a poesia tradicional na Alemanha e "descobriu-se" a cultura popular como oposta à cultura erudita cultivada pelas elites e pelas instituições oficiais. Logo esse interesse se espalhou por outros países e se ampliou para o estudo de outras formas literárias, músicas, práticas religiosas e outros fatos chamados na época de "antiguidades populares".

Festas - Costumes

Depois de iniciar e frutificar na Europa, o estudo do folclore se estendeu ao Novo Mundo, chegando ao Brasil na segunda metade do século XIX através dos precursores Celso de Magalhães e Sílvio Romero.

O FOLCLORE COMO CIÊNCIA

Atualmente o folclorismo está bem estabelecido e é reconhecido como uma ciência, a ponto de tornar seu objeto, a cultura popular ou folclore, instrumento de educação nas escolas e um bem protegido genericamente pela UNESCO e especificamente por muitos países, que inseriram muitos de seus elementos constituintes em seus elencos de bens de patrimônio histórico e artístico a serem protegidos e fomentados.

Patrimônio histórico

Considera-se hoje o folclorismo um ramo das Ciências Sociais e Humanas e seu estudo deve ser feito de acordo com a metodologia própria dessas ciências.

Cursos Profissionalizantes online com Certificado

Ganhe dinheiro com seu Site ou Blog - Curso 24 horas

-

domingo, 8 de agosto de 2010

Video - Homenagem Dia dos Pais - Clipe Mais que Pai e Filho - Rick e Renner





Ser pai  
É aprender a ser contestado mesmo quando no auge da lucidez. É esperar.
É saber que experiência só adianta para quem a tem, e só se tem vivendo.
Portanto, é agüentar a dor de ver os filhos passarem pelos sofrimentos necessários, buscando protegê-los sem que percebam, para que consigam descobrir os próprios caminhos...



FILHA - RICK E RENNER - HOMENAGEM DIA DOS PAIS


Cursos Profissionalizantes online com Certificado

Ganhe dinheiro com seu Site ou Blog - Curso 24 horas 

.

sábado, 7 de agosto de 2010

Escola Rômulo Castello promove Feira das Profissões em Serra

Matéria publicada no site da Secretaria da Educação em 06/08/2010. 

A Escola Estadual Rômulo Castello, no município da Serra, está trabalhando desde junho o projeto “Feira de Profissões”. O trabalho está sendo realizado por grupos de alunos do 3º ano do Ensino Médio do matutino. Cada grupo produziu um tipo de maquete representando uma profissão e uma exposição ocorreu no pátio da escola. Na próxima sexta-feira (13) haverá o encerramento do projeto com o desfile das profissões apresentadas.

Algumas profissões apresentadas no projeto foram pintor de telas, professor, bombeiro, jogador de futebol, zootecnista, legista, entre outros. De acordo com a professora Hedlamar Fernandes Silva Lima, que trabalha com as disciplinas de Filosofia e Sociologia, o objetivo do projeto é estimular o jovem para que ele assimile a importância de garantir, na juventude, a possibilidade de se tornar co-participante da história do seu grupo social ajudando a optar pelo campo profissional de atuação.

Junto à elaboração das maquetes, também foram colhidos diversos depoimentos sobre as profissões. A de Biólogo, por exemplo, ficou com a aluna do 3º ano, Ilca da Silva Santos. “É um profissional da Ciência que estuda os seres vivos e suas relações a fim de conhecer as leis peculiares da matéria viva”, definiu. Já a aluna Jéssica de Jesus fez a maquete sobre o professor e dá seu depoimento sobre a profissão. “Como todas as outras profissões, a de professor possuí algumas especificidades, que são o saber, o fazer, o pensar e transmitir.


(Texto: Andressa Rocon)

Matéria publicada no site da Secretaria da Educação em 06/08/2010. 
(Após entrar no site, clique no penúltimo link, referente à Escola Rômulo Castello)


Cursos Profissionalizantes online com Certificado


Ganhe dinheiro com seu Site ou Blog - Curso 24 horas

-

sábado, 17 de julho de 2010

O poder da visão!

"Se a sua visão é para um ano, plante trigo; se a sua visão é para uma década, plante árvores; se a sua visão é para toda a vida, plante pessoas."

(George Barna)





-





quarta-feira, 14 de julho de 2010

Reflexões sobre o filme - O Milagre de Anne Sullivan



Helen Keller

Nascida Helen Adams Keller, em 27 de junho de 1880 em Tuscumbia, Alabama, EUA, a criança desenvolveu uma febre aos 18 meses de idade. Em seguida, Helen ficou cega, surda e muda.
Quando tinha seis anos, a professora Anne Mansfield Sullivan, da Perkins School for the Blind (Escola para cegos Perkins), foi contratada como professora de Helen. A moça, de 20 anos, ensinou a Helen a linguagem de sinais e o braile. A história da professora e sua aluna foi recontada na peça e no filme de William Gibson, "The Miracle Worker (O milagre de Anne Sullivan)".
Aos dez anos, Helen Keller aprendeu a falar. Sarah Fuller, da Escola Horace Mann, foi sua primeira professora de linguagem.
Em 1898, Helen entrou para a Cambridge School for Young Ladies (Escola para moças Cambridge). No outono de 1900, Helen matriculou-se no Radcliffe College. Conseguiu o bacharelado cum laude (com louvor) em Letras em 1904.
Através dos anos, Anne Sullivan permaneceu ao lado de sua aluna. Ela formava letras na mão de Helen para compreensão de livros de texto, palestras da faculdade e conversação.

A cruzada pessoal de Helen Keller

Em 1915, Helen juntou-se à primeira diretoria do Permanent Blind Relief War Fund (Fundo permanente de ajuda aos cegos de guerra), mais tarde conhecido como American Braille Press (Imprensa braile americana).

Em 1924, a jovem fundou a Helen Keller Endowment Fund (Fundo de dedicação Hellen Keller). No mesmo ano, Helen ligou-se à American Foundation for the Blind (Fundação americana para portadores de deficiência visual) como conselheira para relações nacionais e internacionais.

Em 30 de junho de 1925, Keller discursou na Convenção do Lions Clubs Internacional, realizada em Cedar Point, Ohio, EUA. Desafiou os Leões a se tornarem "paladinos dos deficiêntes visuais na cruzada contra a escuridão". Ela disse, "Eu sou sua oportunidade. Estou batendo à sua porta."
Em 1946, Helen Keller tornou-se conselheira para relações internacionais da American Foundation for Overseas Blind (Fundação americana para os deficientes visuais estrangeiros). Visitou 35 países.

Sua vida virou filme. "Helen Keller in Her Story" (Helen Keller e sua História) recebeu o "Oscar" de melhor documentário da Academia de artes e ciências cinematográficas em 1955.
Helen Keller fez sua última aparição pública em Washington, D.C., EUA, em 1961.
Recebeu o Prêmio Humanitário Lions por uma vida inteira de dedicação.
Helen morreu em 1º de junho de 1968, aos 87 anos. Seu pedido para os Leões, 43 anos antes, inspirou a organização internacional a adotar o Programa Conservação da visão e trabalho com deficientes visuais como uma de suas principais iniciativas de serviço.
Em 1971, o Lions do Alabama dedicou-lhe o Helen Keller Memorial Park. O parque está localizado no local onde ela nasceu, um lugar chamado Ivy Green. Desde a dedicação do parque, Leões de 37 países têm enviado presentes. O ponto central do memorial é um busto de Helen Keller com uma placa gravada em que se lê, "Eu sou sua oportunidade".

Fonte: http://www.lionsclubs.org/PO/content/vision_services_keller.shtml

terça-feira, 13 de julho de 2010

Vídeo - Cheia de Charme - Guilherme Arantes



Quando a vi logo ali tão perto,
tão ao meu alcance, tão distante, tão real,
tão bom perfume, sei lá...

Investi tudo naquele olhar,
tantas palavras, num breve sussurar,
paixão assim não acontece todo dia.

Cheia de charme, um desejo enorme
de se aventurar...
Cheia de charme, um desejo enorme
de revolucionar!!

Me perdi entre os seus cabelos,
pela sua pele, nos seus lábios tão macios,
tao bom perfume, sei lá...

Investi tudo naquele olhar,
tantas palavras num breve sussurar,
paixão assim não acontece todo dia.

Cheia de charme, um desejo enorme
de se aventurar,
cheia de charme, um desejo enorme
de revolucionar...
Paixão assim não acontece todo dia

Cheia de charme, um desejo enorme
de se aventurar,
cheia de charme, um desejo enorme
de revolucionar..
Cheia de charme, um desejo enorme
de se aventurar...


Cursos Profissionalizantes online com Certificado

Ganhe dinheiro com seu Site ou Blog - Curso 24 horas

-

Vídeo - Metamorfose Ambulante - Raul Seixas



Eu prefiro ser
essa metamorfose ambulante.
Eu prefiro ser
essa metamorfose ambulante,
do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo,
do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo.

Eu quero dizer,
agora, o oposto do que eu disse antes:
Eu prefiro ser
essa metamorfose ambulante,
do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo,
do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo,
sobre o que é o amor,
sobre o que eu nem sei quem sou.
Se hoje eu sou estrela,
amanhã já se apagou,
se hoje eu te odeio,
amanhã lhe tenho amor,
lhe tenho amor,
lhe tenho horror,
lhe faço amor.
eu sou um ator.
É chato chegar
  a um objetivo num instante,
eu quero viver
nessa metamorfose ambulante,
do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo,
do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo.
Sobre o que é o amor,
sobre o que eu nem sei quem sou.
Se hoje eu sou estrela,
amanhã já se apagou,
se hoje eu te odeio,
amanhã lhe tenho amor,
lhe tenho amor,
lhe tenho horror,
lhe faço amor,
eu sou um ator.
Eu vou desdizer
aquilo tudo que eu lhe disse antes:
Eu prefiro ser
essa metamorfose ambulante,
do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo,
do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo,
do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo,
do que ter aquela velha, velha, velha, velha, velha
opinião formada sobre tudo.
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo



Cursos Profissionalizantes online com Certificado

Ganhe dinheiro com seu Site ou Blog - Curso 24 horas

-

domingo, 13 de junho de 2010

O verdadeiro empreendedor é um campeão que não desiste jamais pois acredita em sua capacidade!

O QUE É SER EMPREENDEDOR?      Por Maria do Rosario Martins da Silva




“Alguns homens vêem as coisas como são, e perguntam: “Por quê”? Eu sonho com as coisas que nunca existiram e pergunto: "Por que não?" Bernard Shaw

Atualmente, a palavra de ordem no mercado tem sido o empreendedorismo. Diversas escolas estão voltando seus ensinos para o comportamento empreendedor e por isso, as pessoas estão mudando sua concepção com relação aos empreendimentos e profissões. Movidas por uma necessidade (perda de emprego, por exemplo) ou por visualizar uma oportunidade no mercado, algumas pessoas podem iniciar um pequeno negócio, e ter sucesso por toda a vida. Outras, podem não ser tão bem sucedidas, e terem que se deparar com um fracasso, apesar de seu esforço. Por que isto ocorre? Para responder a essa pergunta, vamos conhecer o que é o empreendedor, para depois conhecermos o seu perfil e as causas de sucesso e fracasso dos empreendimentos.
De acordo com Joseph A. Schumpeter - " O empreendedor é aquele que destrói a ordem econômica existente pela introdução de novos produtos e serviços, pela criação de novas formas de organização ou pela exploração de novos recursos e matérias." Outro conceito, da Amar Bhide/ Harvard Business School define que " trata-se simplesmente daquele que localiza e aproveita uma oportunidade de mercado, criando à partir daí um novo negócio."

Ambos os conceitos levam-nos a pensar nas atitudes das pessoas empreendedoras: são inovadoras, inquietas, criativas, ousadas, além de terem sempre a sua visão voltada para o futuro. Por isso, elaboram todo um planejamento que vai permitir-lhes criar as condições vitais para o alcance dos seus objetivos, e têm sempre em mente que é importante alcançá-los tanto no plano profissional, quanto no familiar e pessoal. Motivadas por isto, criam sempre oportunidades e se envolvem com elas, entregando-se de corpo e alma para alcançar seus objetivos.


sábado, 12 de junho de 2010

O que é família?

A família foi e ficará sempre o fundamento da sociedade!!!




A família é um núcleo de convivência, unido por laços afetivos, que costuma compartilhar o mesmo teto.
 É a definição que conhecemos. Entretanto, esta convivência pode ser feliz ou insuportável, pois seus laços afetivos podem experimentar o encanto do amor e a tristeza do ódio.
E a morada sobre o mesmo teto? Dependendo dessas fases contrastantes, ela pode ser um centro de referência, onde se busca e se vivencia o amor, ou... um mero alojamento.
A família não é algo que nos é dado de uma vez por todas, mas nos é dada como uma semente que necessita de cuidados constantes para crescer e desenvolver-se. Quando casamos, sabemos que, entre outras coisas, temos essa semente que pode germinar e um dia dar fruto: ser uma família de verdade. Devemos, portanto, estar conscientes de que é preciso trabalhá-la e cultivá-la sempre, constantemente, e com muito amor.



quinta-feira, 3 de junho de 2010

Nâo haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses!

Amar é ter um pássaro pousado no dedo.

Quem tem um pássaro pousado no dedo sabe que, a qualquer momento, ele pode voar!!!!

Rubem Alves

O único “bom aprendizado” é o que é para o avanço do desenvolvimento! Lev Vygotsky

Lev Semenovich Vygotsky desenvolveu interessante teoria, demonstrando a importância da integração social, como fonte do conhecimento.
A teoria se baseia na interação do indivíduo com o meio social, onde, ele pode avançar além de seu desenvolvimento atual, até um certo ponto, com a ajuda de outros indivíduos.
Vygotsky descreve dois níveis de desenvolvimento, denominados desenvolvimento real e desenvolvimento potencial.
ZONA DE DESENVOLVIMENTO PROXIMAL...ZDP
O desenvolvimento real é aquele que já foi consolidado pelo indivíduo, de forma a torná-lo capaz de resolver situações utilizando seu conhecimento de forma autônoma.
O desenvolvimento potencial é aquele que o sujeito poderá construir com o auxílio de outros.

Vygotsky denominou a capacidade de realizar tarefas de forma independente de nível de desenvolvimento real, que determina até onde a criança já chegou, ou seja, as etapas já conquistadas pela criança.

No entanto, a criança poderá ir um pouco mais além, ou seja, desempenhar tarefas em nível mais avançado com a ajuda de adultos ou de companheiros mais capazes. Contudo, não é qualquer criança que pode, com a ajuda de outros, realizar qualquer tarefa. A capacidade de realizar determinada tarefa com a ajuda de outros ocorrerá dentro de um certo nível de desenvolvimento, não antes. Por exemplo: "Uma criança de cinco anos pode ser capaz de construir uma torre de cubos sozinha; uma de três anos não consegue construí-la sozinha, mas pode conseguir com a assistência de alguém; uma criança de um ano não conseguiria realizar essa tarefa, nem mesmo com ajuda. Uma criança que ainda não sabe andar sozinha só vai conseguir andar com a ajuda de um adulto que a segure pelas mãos a partir de um determinado nível de desenvolvimento. Aos três meses de idade, por exemplo, ela não é capaz de andar nem com ajuda."

É a partir desses dois níveis de desenvolvimento: real e potencial que Vygotsky define a zona de desenvolvimento proximal:

"Ela é a distância entre o nível de desenvolvimento real, que se costuma determinar através da solução independente de problemas, e o nível de desenvolvimento potencial, determinado através da solução de problemas sob a orientação de um adulto ou em colaboração com companheiros mais capazes".
 
Zona de Desenvolvimento Proximal , pois, define a distância entre o nível de desenvolvimento real, determinado pela capacidade de resolver um problema sem ajuda, e o nível de desenvolvimento potencial, determinado através de resolução de um problema sob a orientação de um adulto ou em colaboração com outro companheiro. Quer dizer, é a série de informações que a pessoa tem a potencialidade de aprender mas ainda não completou o processo, conhecimentos fora de seu alcance atual, mas potencialmente atingíveis a curto prazo.



sexta-feira, 21 de maio de 2010

É só um pássaro - Reflexão - Lição de vida!! (Veja até o fim)



O Velho do Espelho

Por acaso, surpreendo-me no espelho: quem é esse
que me olha e é tão mais velho do que eu?
Porém, seu rosto... é cada vez menos estranho...
Meu Deus, Meu Deus... Parece
meu velho pai — que já morreu!
Como pude (ficarmos) assim?
Nosso olhar — duro — interroga:
"O que fizeste de mim?!"
Eu, Pai?! Tu é que me invadiste,
lentamente, ruga a ruga... Que importa? Eu sou, ainda,
aquele mesmo menino teimoso de sempre
e os teus planos enfim lá se foram por terra.
Mas sei que vi, um dia — a longa, a inútil guerra! —
vi sorrir, nesses cansados olhos, um orgulho triste...
(Mario Quintana)

-
-

sábado, 8 de maio de 2010

Filosofia é o movimento de volta sobre si mesmo!!!

Ao perguntarmos o que é Filosofia, Chauí (1995) nos responde que poderia ser a decisão de não aceitar as coisas como óbvias, as idéias, os fatos, as situações, os valores e os comportamentos; em síntese, Filosofia pode ser definida como a não aceitação dos elementos da existência humana sem antes havê-los investigados e compreendidos.




O que é FILOSOFIA?

A FILOSOFIA NADA MAIS É DO UMA POESIA SOFISTICADA!!!





segunda-feira, 15 de março de 2010

Tendências Pedagógicas!

Pedagogia Liberal  Tradicional

Preparação intelectual e moral dos alunos para assumir seu papel na sociedade. São conhecimento e valores sociais acumulados através dos tempos e repassados aos alunos como verdades absolutas. Exposição e demonstração verbel da matéria e / ou por meios de modelos. Autoridade do professor que exige atitude receptiva do aluno. A aprendizagem é receptiva e mecânica, sem se considerar as características próprias de cada idade. Nas escolas que adotam filosofias humanistas clássicas ou científicas. Autoridade do professor que exige atitude receptiva do aluno.

Tendência  Liberal Renovada Progressista

A escola deve adequar as necessidades individuais ao meio social. Os conteúdos são estabelecidos a partir das experiências vividas pelos alunos frente às situações problemas. Por meio de experiências, pesquisas e método de solução de problemas. O professor é auxiliador no desenvolvimento livre da criança. É baseada na motivação e na estimulação de problemas. Montessori Decroly -  O professor é auxiliador no desenvolvimento livre da criança.

Tendência Renovada não- diretiva( Escola Nova)

 Formação de atitudes. Baseia-se na busca dos conhecimentos pelos próprios alunos. Método baseado na facilitação da aprendizagem. Educação centralizada no aluno e o professor é quem garantirá um relacionamento de respeito. Aprender é modificar as percepções da realidade. Carl Rogers, "Sumermerhill" escola de A. Neill.



Liberal  Tecnicista.

É modeladora do comportamento humano através de técnicas específicas. São informações ordenadas numa seqüência lógica e psicológica. Procedimentos e técnicas para a transmissão e recepção de informações. Relação objetiva onde o professor transmite informações e o aluno vai fixá-las. Aprendizagem baseada no desempenho. Leis 5.540/68  e 5.692/71.

Tendência Progressista Libertadora

 Não atua em escolas, porém visa levar professores e alunos a atingir um nível de consciência da realidade em que vivem na busca da transformação social. Temas geradores. Grupos de discussão. A relação é de igual para igual, horizontalmente. Resolução da situação problema. Paulo Freire.

Tendência Progressista Libertária.

Transformação da personalidade num sentido libertário e autogestionário. As matérias são colocadas mas não exigidas. Vivência grupal na forma de auto-gestão. É não diretiva, o professor é orientador e os alunos livres. Aprendiagem informal, via grupo. C. Freinet


Tendência Progressista "crítico social dos conteúdos"

Difusão dos conteúdos. Conteúdos culturais universais que são incorporados pela humanidade frente à realidade social. O método parte de uma relação direta da experiência do aluno confrontada com o saber sistematizado. Papel do aluno como participador e do professor como mediador entre o saber e o aluno. Baseadas nas estruturas cognitivas já estruturadas nos alunos. Makarenko

domingo, 14 de março de 2010

CELESTIN FREINET - GRANDE EDUCADOR FRANCÊS (1896-1966)

Uma Pedagogia de Atividade e Cooperação,
"A democracia de amanhã se prepara na democracia da escola"
(Célestin Freinet)


 Célestin Freinet nasceu em 1896 em Gars, povoado na região da Provence, sul da França. Foi pastor de rebanhos antes de começar a cursar o magistério. Lutou na Primeira Guerra Mundial em 1914, quando os gases tóxicos do campo de batalha afetaram seus pulmões para o resto da vida. Em 1920, começou a lecionar na aldeia de Bar-sur-Loup, onde pôs em prática alguns de seus principais experimentos, como a aula-passeio e o livro da vida. Em 1925, filiou-se ao Partido Comunista Francês. Dois anos depois, fundou a Cooperativa do Ensino Leigo, para desenvolvimento e intercâmbio de novos instrumentos pedagógicos. Em 1928, já casado com Élise Freinet (que se tornaria sua parceira e divulgadora), mudou-se para Saint-Paul de Vence, iniciando intensa atividade. Cinco anos depois, foi exonerado do cargo de professor. Em 1935, o casal Freinet construiu uma escola própria em Vence. Durante a Segunda Guerra, o educador foi preso e adoeceu num campo de concentração alemão. Libertado depois de um ano, aderiu à resistência francesa ao nazismo. Recobrada a paz, Freinet reorganizou a escola e a cooperativa em Vence. Em 1956, liderou a vitoriosa campanha 25 Alunos por Classe.
No ano seguinte, os seguidores de Freinet fundaram a Federação Internacional dos Movimentos da Escola Moderna (Fimem), que hoje reúne educadores de cerca de 40 países. Freinet morreu em 1966.

Muitos dos conceitos e atividades escolares idealizados pelo pedagogo francês Célestin Freinet se tornaram tão difundidos que há educadores que os utilizam sem nunca ter ouvido falar no autor. É o caso das aulas-passeio (ou estudos de campo), dos cantinhos pedagógicos e da troca de correspondência entre escolas. Não é necessário conhecer a fundo a obra de Freinet para fazer bom uso desses recursos, mas entender a teoria que motivou sua criação deverá possibilitar sua aplicação integrada e torná-los mais férteis.

Freinet se inscreve, historicamente, entre os educadores identificados com a corrente da Escola Nova, que, nas primeiras décadas do século 20, se insurgiu contra o ensino tradicionalista, centrado no professor e na cultura enciclopédica, propondo em seu lugar uma educação ativa em torno do aluno. O pedagogo francês somou ao ideário dos escolanovistas uma visão marxista e popular tanto da organização da rede de ensino como do aprendizado em si. Freinet sempre acreditou que é preciso transformar a escola por dentro, pois é exatamente ali que se manifestam as contradições sociais, diz Rosa Maria Whitaker Sampaio, coordenadora do pólo São Paulo da Federação Internacional dos Movimentos da Escola Moderna (Fimem), que congrega seguidores de Freinet.

Na teoria do educador francês, o trabalho e a cooperação vêm em primeiro plano, a ponto de ele defender, em contraste com outros pedagogos, incluindo os da Escola Nova, que não é o jogo que é natural da criança, mas sim o trabalho. Seu objetivo declarado é criar uma escola do povo.


Importância do êxito

Não foi por acaso que Freinet criou uma pedagogia do trabalho. Para ele, a atividade é o que orienta a prática escolar e o objetivo final da educação é formar cidadãos para o trabalho livre e criativo, capaz de dominar e transformar o meio e emancipar quem o exerce. Um dos deveres do professor, segundo Freinet, é criar uma atmosfera laboriosa na escola, de modo a estimular as crianças a fazer experiências, procurar respostas para suas necessidades e inquietações, ajudando e sendo ajudadas por seus colegas e buscando no professor alguém que organize o trabalho.

Outra função primordial do professor, segundo Freinet, é colaborar ao máximo para o êxito de todos os alunos. Diferentemente da maioria dos pedagogos modernos, o educador francês não via valor didático no erro. Ele acreditava que o fracasso desequilibra e desmotiva o aluno, por isso o professor deve ajudá-lo a superar o erro. Freinet descobriu que a forma mais profunda de aprendizado é o envolvimento afetivo”, diz Rosa Sampaio.

Ao lado da pedagogia do trabalho e da pedagogia do êxito, Freinet propôs, finalmente, uma pedagogia do bom senso, pela qual a aprendizagem resulta de uma relação dialética entre ação e pensamento, ou teoria e prática. O professor se pauta por uma atitude orientada tanto pela psicologia quanto pela pedagogia – assim, o histórico pessoal do aluno interage com os conhecimentos novos e essa relação constrói seu futuro na sociedade.

Livre expressão

Esse aspecto muito particular que atribuía ao aprendizado de cada criança é a razão de Freinet não ter criado um método pedagógico rígido, nem uma teoria propriamente científica. Mesmo assim, seu entendimento sobre os mecanismos do aprendizado mereceu elogios do biólogo suíço Jean Piaget (1896-1980), cuja teoria do conhecimento se baseou em minuciosa observação científica.

A pedagogia de Freinet se fundamenta em quatro eixos: a cooperação (para construir o conhecimento comunitariamente), a comunicação (para formalizá-lo, transmiti-lo e divulgá-lo), a documentação, com o chamado livro da vida (para registro diário dos fatos históricos), e a afetividade (como vínculo entre as pessoas e delas com o conhecimento).

-

sábado, 13 de março de 2010

NOSSAS ESCOLHAS - (Richard Bach)



"...Uma vida fácil nada nos ensina. No fim, o que aprendemos é o que importa: o que aprendemos e como nos desenvolvemos.

Traçamos nossas vidas pelo poder de nossas escolhas. Quando nossas escolhas são feitas passivamente, quando não somos nós mesmos que traçamos nossas vidas, nos sentimos frustrados.

Uma pequena mudança hoje pode acarretar-nos um amanhã profundamente diferente. São grandes as recompensas para aqueles que têm a coragem de mudar, mas essas recompensas acham-se ocultas pelo tempo.

Geramos nossos próprios meios. Obtemos exatamente aquilo pelo que lutamos. Somos responsáveis pela vida que nós próprios criamos. Quem terá a culpa, a quem cabe o louvor, senão a nós mesmos? Quem pode mudar nossas vidas, a qualquer tempo, senão nós mesmos?

Deus sabe que isto é verdade."
(Richard Bach)


"- O que a lagarta chama de fim do mundo, o homem chama de "borboleta".
(Richard Bach)

quarta-feira, 10 de março de 2010

Paulo Freire - O diálogo é a base de tudo!!

Quem foi Paulo Freire?

Paulo Reglus Neves Freire, pernambucano, nasceu em Recife, no dia 19 de setembro de 1921. Uma das motivações para a sua elaboração pedagógica partiu de seus estudos sobre a linguagem do povo.
Paulo Freire participou do Movimento de Cultura Popular (MCP) do Recife; do Serviço de Extensão Cultural da Universidade do Recife, sendo um dos seus fundadores e primeiro diretor. Destaca-se, principalmente, o trabalho realizado em Angicos, no Rio Grande do Norte, em 1962, onde começaram as primeiras experiências de alfabetização – o Método Paulo Freire.

Em 1963, é chamado a Brasília para coordenar, no MEC, a criação do Programa Nacional de Educação.
O golpe militar de 1964 reprimiu todos os trabalhos de mobilização popular. Paulo Freire foi acusado de subverter a ordem ao utilizar suas campanhas de alfabetização, sendo preso e exilado por mais de 15 anos.

Esteve em países como Chile, Bolívia, Suíça, Tanzânia e Guiné-Bissau. Participou de consultorias educacionais e desenvolveu programas de alfabetização. Em 1980, voltou ao Brasil e assumiu cargos de docência na PUC – SP e na Unicamp. Entre 1989 e 1991, na gestão de Luiza Erundina (PT), trabalhou como secretário da Educação da Prefeitura de São Paulo.

É autor de uma vasta obra traduzida em várias línguas. Dentre os livros mais conhecidos estão a Educação como Prática da Liberdade e a Pedagogia do Oprimido.

Paulo Freire morreu em 2 de maio de 1997, em São Paulo, vítima de um infarto agudo do miocárdio.
fonte: O Globo-Educação

Cora Coralina - Poema mulher


 

Saber Viver


Não sei... Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura... Enquanto durar


quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

ALGUMAS FRASES DE GRANDES PENSADORES

Frase de Pensador: "Sábio é o homem que chega a ter consciência de sua ignorância." Barão de Itararé
Frase de Pensador: "O sábio não é o homem que fornece as verdadeiras respostas; é o que formula as verdadeiras perguntas."Claude Lévi-Strauss
Frase de Pensador: "Mestre não é quem sempre ensina, mas quem de repente aprende." João Guimarães Rosa
Frase de Pensador: "Um irmão pode não ser um amigo, mas um amigo será sempre um irmão." Benjamin Franklin
 Frase de Pensador: "O fracasso é a oportunidade de se começar de novo inteligentemente." Henry Ford
Frase de Pensador: "O êxito é fácil de se obter, o difícil é merecê-lo." Albert Camus
Frase de Pensador: "O medo tem alguma utilidade, mas a covardia não." Gandhi
Frase de Pensador: "Coragem é a resistência ao medo, domínio do medo, e não ausência do medo."
Mark Twain
Frase de Pensador: "Um homem sábio pode considerar a vida uma comédia, uma tragédia ou uma farsa, e ainda assim gozá-la." Harry Emerson Fosdick
Frase de Pensador: "O primeiro passo para o conhecimento é sabermos que somos ignorantes." Cícero
Frase de Pensador: "É a doença de não escutar, o mal de não observar que me aflige." Shakespeare
Frase de Pensador: "O homem que vive sozinho e somente para si, tende a se corromper devido a companhia que tem." Charles H. Parkhust
Frase de Pensador: "Considerando-se tudo, o homem nunca fala de si sem perder alguma coisa; suas acusações a si mesmo são sempre acreditáveis, seus elogios nunca." Montaigne
Frase de Pensador: "A boa educação consiste em esconder o bom conceito que temos de nós e o mau conceito que temos dos outros." Mark Tuwim
"Frase de Pensador: Preocupação é um juro pago antecipadamente." W. R. Inge
Frase de Pensador: "Você está a caminho do sucesso quando compreende que o fracasso não passa de um desvio." Willian G. Wilnes Jr.
Frase de Pensador: "Todos gostariam de viver muito, mas ninguém gostaria de envelhecer." Benjamin Franklin
Frase de Pensador: "Os covardes morrem muitas vezes antes de sua morte; os valentes morrem uma única vez." Shakespeare
Frase de Pensador: "Proponha-se a atingir o Sol e você poderá não o alcançar, mas sua seta voará muito mais alto do que se fosse apontada para um objeto ao mesmo nível de você." Joel Hawes
Frase de Pensador: "Quanto mais você pensar em seus infortúnios, mais poder terão eles para magoá-lo." Voltaire
Frase de Pensador: "Grande parte das boas obras do mundo foram praticadas por pessoas medíocres que fizeram o melhor que podiam." George F. Hoar
Frase de Pensador: "O grande propósito da vida é vivê-la." Oliver Wendell Holmes
Frase de Pensador: "O segredo da felicidade consiste não em fazer o que se gosta mas em gostar do que se faz." James M. Barrie
Frase de Pensador: "As pessoas raramente reconhecem a oportunidade porque ela surge disfarçada em trabalho árduo." H. L. Mencken
Frase de Pensador: "Viver é sentir saudades." Eduardo Rodrigo Ribeiro
Frase de Pensador: "A gente leva da vida a vida que levamos." Barão de Itararé
Frase de Pensador: "Quem mantém a forma perde o espírito." Mahatma Gandhi
Frase de Pensador: "A verdadeira riqueza não consiste em ter grandes posses, mas em ter poucas necessidades." Epicuro
Frase de Pensador: "A educação faz um povo fácil de ser liderado, mas difícil de ser dirigido; fácil de ser governado, mas impossível de ser escravizado." Henry Peter
Frase de Pensador: "Amar a humanidade é fácil; difícil é amar seres humanos." Kalman Shulman

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Carl Rogers -Ser empático é ver o mundo com os olhos do outro e não ver o nosso mundo refletido nos olhos dele.

Carl Ransom Rogers nasceu no dia 8 de janeiro de 1.902 em Oak Park, Chicago, Estados Unidos, numa família cristã cuja religiosidade era rigorosamente fundamentalista. Sua infância foi limitada pela crença e atitude de seus pais, e pela solidão, durante este período até o final da adolescência, segundo ele mesmo, não havia em sua vida relacionamento que hoje ele definiria como saudável.
No colegial tornou-se um excelente aluno, com ávidos interesses científicos. Estudou na Universidade de Wisconsin, tendo lá as suas primeiras experiências de relacionamento significativas e recompensadoras, contudo, ainda norteadas com muitas regras.
Em seu segundo ano de faculdade começou a aprofundar-se em assuntos religiosos.
Durante o curso de pós graduação, embora já cada vez mais distante dos cursos acadêmicos de religião, passou por algumas experiências que o ajudaram a modelar a sua maneira de se relacionar com os outros, e a perceber que trabalhar com as pessoas poderia se tornar sua profissão.
Como psicólogo, trabalhou primeiramente com crianças em Rochester, Nova York, num centro de orientação infantil, onde permaneceu por doze anos, os quais os ajudaram a compreender formal e diretamente para o que ele iria denominar mais tarde de Abordagem Centrada na Pessoa, que foi aprimorada através de suas experiências de magistério na Universidade de Ohio e depois como diretor de um novo centro de aconselhamento baseado em suas idéias na Universidade de Chicago onde publicou Terapia Centrada no Cliente (1951), que continha sua primeira teoria formal sobre a terapia, sua teoria da personalidade e algumas pesquisas que reforçavam sua conclusão.
Foi um dos pioneiros nos movimentos de grupo de encontro, um dos fundadores da Psicologia Humanista, e o primeiro psicólogo a dirigir um departamento de psiquiatria em uma grande universidade (Universidade de Wisconsin).
“Sinto pouca simpatia pela idéia bastante generalizada de que o homem é fundamentalmente irracional e que seus impulsos, quando não controlados, levam a destruição de si e dos outros. O comportamento humano é extremamente racional... A tragédia para muitos de nós deriva do fato de as nossas defesas nos impedirem de surpreender essa racionalidade, de modo que estamos conscientemente a caminhar em uma direção, quando organicamente seguimos outra.” (Rogers, 1969)
Sua proposta de aconselhamento transformou-se numa prática de psicoterapia; esta por sua vez, veio a se tornar uma teoria de psicoterapia e personalidade. A teoria forneceu as hipóteses que abriram todo um novo campo de pesquisa. Daí desenvolveu-se uma abordagem para todas as relações interpessoais. Alcançou a educação, como forma de facilitar a aprendizagem em todos os níveis.
Carl Rogers ajudou a criar o Centro de Estudos de Educação da Pessoa, uma livre associação de pessoas em profissões de ajuda.
A Abordagem Centrada na Pessoa desenvolveu-se essencialmente a partir das suas próprias experiências clínicas, e mais tarde descobriu paralelos ao seu trabalho em fontes orientais, no Zen Budismo e nos trabalhos de Lao Tsé.
Foi duas vezes eleito presidente da Associação Americana de Psicologia, e recebeu desta mesma associação os prêmios de melhor contribuição científica e o de melhor profissional.
Visitou o Brasil em 1977, 78 e 85 realizando grupos de encontro, conferências e entrevistas.
Em 1979, perdeu a sua companheira Helen após união de 55 anos.
Rogers morreu em 5 de fevereiro de 1987, mesmo ano em que é indicado ao Prêmio Nobel da Paz, aos 85 anos de idade, ainda ativo, escrevendo, realizando conferências e cuidando de seu jardim, ao lado de colegas mais jovens, filhos e netos.


Texto de:
Marcos Alberto da Silva Pinto

sábado, 30 de janeiro de 2010

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

A ratoeira

Um rato olhando pelo buraco na parede vê o fazendeiro e sua esposa abrindo um pacote. Pensou logo em que tipo de comida poderia ter ali.

Ficou aterrorizado quando descobriu que era uma ratoeira.

Foi para o pátio da fazenda advertindo a todos:

"Tem uma ratoeira na casa, uma ratoeira na casa."

A galinha, que estava cacarejando e ciscando, levantou a cabeça e disse:

"Desculpe-me Sr. Rato, eu entendo que é um grande problema para o senhor, mas não me prejudica em nada, não me incomoda."

O rato foi até o porco e disse a ele:

"Tem uma ratoeira na casa, uma ratoeira."

"Desculpe-me Sr. Rato, mas não há nada que eu possa fazer, a não ser rezar. Fique tranqüilo que o senhor será lembrado nas minhas preces."

O rato dirigiu-se então à vaca. Ela disse:

"O que Sr. Rato? Uma ratoeira? Por acaso estou em perigo? Acho que não!"

Então o rato voltou para a casa, cabisbaixo e abatido, para encarar a ratoeira do fazendeiro.

Naquela noite ouviu-se um barulho, como o de uma ratoeira pegando sua vítima. A mulher do fazendeiro correu para ver o que havia pego. No escuro, ela não viu que a ratoeira pegou a cauda de uma cobra venenosa.

A cobra picou a mulher.

O fazendeiro a levou imediatamente ao hospital. Ela voltou com febre. Todo mundo sabe que para alimentar alguém com febre, nada melhor que uma canja.

O fazendeiro pegou seu cutelo e foi providenciar o ingrediente principal.

Como a doença da mulher continuava, os amigos e vizinhos vieram visitá-la.

Para alimentá-los o fazendeiro matou o porco. A mulher não melhorou e muitas Pessoas vieram visitá-la.

Muita gente veio vê-la o fazendeiro então sacrificou a vaca para alimentar todo aquele povo.

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Elton John - Nikita




Hey Nikita is it cold
In your little corner of the world
You could roll around the globe
And never find a warmer soul to know

Oh I saw you by the wall
Ten of your tin soldiers in a row
With eyes that looked like ice on fire
The human heart a captive in the snow

Chorus
Oh Nikita you will never know, anything about my home
I'll never know how good it feels to hold you
Nikita I need you so
Oh Nikita is the other side of any given line in time
Counting ten tin soldiers in a row
Oh no, Nikita you'll never know

Do you ever dream of me
Do you ever see the letters that I write
When you look up through the wire
Nikita do you count the stars at night

And if there comes a time
Guns and gates no longer hold you in
And if you're free to make a choice
Just look towards the west and find a friend

Chorus
Oh Nikita you will never know, anything about my home
I'll never know how good it feels to hold you
Nikita I need you so
Oh Nikita is the other side of any given line in time
Counting ten tin soldiers in a row
Oh no, Nikita you'll never know

-

sábado, 9 de janeiro de 2010

A aprendizagem é um processo integrado que provoca uma transformação qualitativa na estrutura mental daquele que aprende.!


O processo de aprendizagem pode ser definido de forma sintética como o modo como os seres adquirem novos conhecimentos, desenvolvem competências e mudam o comportamento. Contudo, a complexidade desse processo dificilmente pode ser explicada apenas através de recortes do todo. Por outro lado, qualquer definição está, invariavelmente, impregnada de pressupostos político-ideológicos, relacionados com a visão de homem, sociedade e saber.
O ser humano nasce potencialmente inclinado a aprender, necessitando de estímulos externos e internos (motivação, necessidade) para o aprendizado. Há aprendizados que podem ser considerados natos, como o ato de aprender a falar, a andar, necessitando que ele passe pelo processo de maturação física, psicológica e social. Na maioria dos casos a aprendizagem se dá no meio social e temporal em que o indivíduo convive; sua conduta muda, normalmente, por esses fatores, e por predisposições genéticas.
Vygotsky(1991) menciona que a linguagem tem um papel de construtor e de propulsor do pensamento, afirma que aprendizado não é desenvolvimento, o aprendizado adequadamente organizado resulta em desenvolvimento mental e põe em movimento vários processos de desenvolvimento que, de outra forma, seriam impossíveis de acontecer

O que é um origami???



De uma forma simples, origami é a arte de dobrar o papel, pois "ori" vem do verbo "oru" que significa dobrar e "gami" vem da palavra "kami" que significa papel e quando ditas juntas a letra "k" é substituída pelo "g".

Origami é uma arte milenar japonesa nascida há quase mil anos na Corte Imperial, onde era conhecido como um passatempo divertido e interessante. Com o passar do tempo esta arte foi transmitida ao povo que adotou-o com o entusiasmo e transformou numa arte.


No Japão, nos dias de hoje, o Origami é bastante divulgado entre crianças, jovens e idosos, seguindo as tradições de séculos passados. Mas, esta muito longe de ser uma arte exclusiva dos japoneses, pois atualmente há adeptos em quase todo o mundo, e há inclusive origami tradicionais do ocidente.

No origami há regras básicas, que são: as folhas de papel quadrado e sem corte. Mas não são regras absolutas e há inúmeros origami fora deste esquema trazendo simplicidade e desafio à criação de modelos.

O origami desenvolve um papel muito importante no desenvolvimento intelectual da criança, pois exige concentração, estimula a imaginação e desenvolve a destreza manual.

E além disso é muito divertido ver um simples papel quadrado se transformando em um objeto, ave ou flor com algumas simples dobras no papel.

Trabalho em equipe! Escolha ser feliz!

video

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

O tempo -

Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial.
Industrializou a esperança fazendo-a funcionar no limite da exaustão.
Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos.
Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez com outro número e outra vontade de acreditar que daqui para adiante vai ser diferente...
Para você, desejo o sonho realizado; o amor esperado; a esperança renovada.
Para você, desejo todas as cores desta vida. Todas as alegrias que puder sorrir!
Todas as músicas que puder emocionar!
Para você neste novo ano, desejo que os amigos sejam mais cúmplices, que sua família esteja mais unida, que sua vida seja mais bem vivida.
Gostaria de lhe desejar tantas coisas... Mas nada seria suficiente.
Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos.
Desejos grandes e que eles possam te mover a cada minuto, ao rumo da sua FELICIDADE!
Carlos Drummond de Andrade