quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Receita de ano novo - Carlos Drummond de Andrade

Para você ganhar belíssimo Ano Novo

cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo
até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?)


Não precisa
fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido
pelas besteiras consumidas
nem parvamente acreditar
que por decreto de esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.


Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Fernando Pessoa! Deus

Não se acostume com o que não o faz feliz,
revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!
Deus costuma usar a solidão para nos ensinar sobre a convivência.
Às vezes, usa a raiva para que possamos compreender o infinito valor da paz.
Outras vezes usa o tédio, quando quernos mostrar a importância da aventura e do abandono. Deus costuma usar o silêncio para nos ensinar sobre a responsabilidade do que dizemos.
Às vezes usa o cansaço, para que possamos compreender o valor do despertar.
Outras vezes usa a doença, quando quer nos mostrar a importância da saúde.
Deus costuma usar o fogo,para nos ensinar a andar sobre a água.
Às vezes, usa a terra, para que possamos compreender o valor do ar.
Outras vezes usa a morte, quando quer nos mostrar a importância da vida.
Fernando Pessoa

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

"...Estudar é criar e recriar... Estudar é um dever revolucionário !"

A insistência na quantidade de leituras sem o devido adentramento nos textos a serem compreendidos e não mecanicamente memorizados, revela uma visão mágica da palavra escrita. Visão que urge ser superada.

Paulo Freire nos ensina a importância fundamental de organizarmos a nossa palavra ao contexto de nossos educandos. É a idéia do universo vocabular dos grupos: "palavras do Povo, grávidas do mundo".

A leitura crítica da realidade no processo de educação associada a práticas de mobilização e organização "pode constituir-se num instrumento para o que Gramsci chamaria de ação contra-hegemônica".

O mito da neutralidade da educação leva à negação da natureza política do processo educativo.

Segundo Freire é impossível separar o inseparável: a educação da política.

Mas, se não é possível pensar a educação sem pensar o poder e sem pensá-la como prática autônoma ou neutra, isto não significa que a educação seja uma pura reprodutora da ideologia dominante.

Como cita o professor "o que temos de fazer então, enquanto educadores ou educadoras, é aclarar, assumindo a nossa opção, que é política, e sermos coerentes com ela, na prática".

Nessa relação dialógica, que nos inclui a todo(a)s como pais e mães, sindicalistas, educadore(a)s, devemos escutar o(a)s outro(a)s pois "cada um de nós é um ser no mundo, com o mundo e com os outros".

Toda a questão do conhecimento passa pelos princípios ensinados a nós de que há uma relação dinâmica entre a leitura da palavra e a "leitura" da realidade. Também é necessário que os povos sejam sujeitos.

"Estudar exige disciplina. Estudar não é fácil porque estudar é criar e recriar é não repetir o que os outros dizem.
Estudar é um dever revolucionário!" - Paulo Freire

domingo, 22 de novembro de 2009

MOTIVAÇÃO

O sucesso é o troféu a ser conquistado e para trilhar o caminho que nos leva ao sucesso, precisamos estar sempre motivados. Mas, como nos manter motivados pessoal e profissionalmente, a despeito de todos os contratempos, dificuldades e pressões de nossa vida cotidiana?
É preciso desenvolver a capacidade de auto-motivação - saber levantar o astral quando as coisas não estão boas e se manter motivado, independente dos acontecimentos.
Os principais componentes que influenciam nossa motivação são:
* nosso estado de espírito interior;
* o ambiente em que estamos inseridos em nossa vida pessoal e no trabalho;
* acontecimentos externos que ocorrem independente de nossa vontade.
Nosso estado de espírito depende de nós mesmos e é o componente que mais podemos influenciar. Neste sentido, existem algumas dicas importantes que ajudarão a nos manter motivados.
Ter objetivos e metas claras quando sabemos exatamente o que queremos, onde queremos chegar, o tempo e as tarefas que teremos de executar, tornará bem mais fácil de mantermos a motivação, pois, apesar dos sacrifícios, nos orientamos pelo desejo de alcançar nossos objetivos.
Mantenha o bom humor - está provado que as pessoas bem humoradas são mais motivadas.
De certa forma, as tarefas tornam-se mais fáceis de serem realizadas quando estamos felizes e bem humorados; este estado de espírito ajuda na motivação.
Crie o hábito da motivação. Devemos nos manter numa postura sempre de alto astral, fazer as coisas com entusiasmo, manter uma atitude positiva e andar de cabeça erguida, mesmo na presença de algum contratempo. Há uma inter-relação entre nosso estado de espírito e nosso comportamento, um influenciando o outro reciprocamente.

Não deixe de assistir o vídeo
Essa mulher nasceu sem os braços e hoje pilota avião!!



Se você andar de cabeça baixa e ombros caídos certamente a tendência será tornar-se desanimado. Mas, se mesmo diante de acontecimentos difíceis, você permanecer com atitude firme e altiva, conseguirá manter sua motivação e seu bom astral.
O ambiente em que estamos inseridos também é fundamental para nossa motivação. Neste caso é melhor nos acostumarmos a influir positivamente no ambiente, do que deixar que o ambiente influa em nosso estado de espírito.

Algumas dicas para manter a equipe de trabalho ou seu ambiente familiar bem motivado:
-Mostre que você faz parte do time. Esteja sempre presente, comunique-se, troque idéias, ouça as pessoas, leve em conta os interesses das pessoas com quem convive.
-Elogie as pessoas.
O elogio é um grande fermento para a auto-estima. Todos gostam de ser reconhecidos e elogiados. Neste sentido o elogio serve como um grande meio de motivar as pessoas. Mas cuidado! Para ser positivo e realmente motivar as pessoas, o elogio precisa ser sincero. Elogie o desempenho das pessoas, sua aparência, ou alguma área de sua vida pessoal ou profissional que mereça destaque.
-Transmita confiança em sua interação, tanto no ambiente de trabalho como em suas relações familiares, procure transmitir confiança, entusiasmo, atitude positiva, certeza no futuro. Estes comportamentos acabarão por influenciar positivamente os outros, fazendo com que você se torne um motivador de pessoas.
Muitos acontecimentos externos também têm o poder de influenciar nossa motivação. Pode ser uma crise na empresa, problema familiar, dificuldade financeira, problemas de saúde, etc... O que devemos fazer é sempre olhar estes acontecimentos pelo lado positivo.

Conquistando o "impossível" - Jamile



Conhece a historia do copo com água pela metade? Os pessimistas dizem que ele está meio vazio e os otimistas dizem que ele está meio cheio. Então todos os acontecimentos têm algum lado positivo. Se você perdeu o emprego, por exemplo, eis aí uma ótima oportunidade de repensar sua vida, fazer algo diferente, e conseguir um emprego até melhor do que o anterior. Muitas vezes uma derrota pode nos dar lições que terão um impacto extremamente positivo em nossas vidas. Pense nisso!
Concluímos que, no processo de desenvolvimento de nosso marketing pessoal, é fundamental aprendermos a arte da motivação. Desta forma, conseguiremos motivar a nós mesmos para trilharmos o caminho do sucesso, ainda que em momentos difíceis e também motivar a todos que convivem conosco.

sábado, 21 de novembro de 2009

SALMO 118

1 - Dai graças ao Senhor, porque ele é bom; porque a sua benignidade dura para sempre.
2 - Diga, pois, Israel: A sua benignidade dura para sempre.
3 - Diga, pois, a casa de Arão: A sua benignidade dura para sempre.
4 - Digam, pois, os que temem ao Senhor: A sua benignidade dura para sempre.
5 - Do meio da angústia invoquei o Senhor; o Senhor me ouviu, e me pôs em um lugar largo.
6 - O Senhor é por mim, não recearei; que me pode fazer o homem?
7 - O Senhor é por mim entre os que me ajudam; pelo que verei cumprido o meu desejo sobre os que me odeiam.
8 - É melhor refugiar-se no Senhor do que confiar no homem.
9 - É melhor refugiar-se no Senhor do que confiar nos príncipes.
10 - Todas as nações me cercaram, mas em nome do Senhor eu as exterminei.
11 - Cercaram-me, sim, cercaram-me; mas em nome do Senhor eu as exterminei.
12 - Cercaram-me como abelhas, mas apagaram-se como fogo de espinhos; pois em nome do Senhor as exterminei.
13 - Com força me impeliste para me fazeres cair, mas o Senhor me ajudou.
14 - O Senhor é a minha força e o meu cântico; tornou-se a minha salvação.
15 -Nas tendas dos justos há jubiloso cântico de vitória; a destra do Senhor faz proezas.
16 - A destra do Senhor se exalta, a destra do Senhor faz proezas.
17 -Não morrerei, mas viverei, e contarei as obras do Senhor.
18 - O Senhor castigou-me muito, mas não me entregou à morte.
19 - Abre-me as portas da justiça, para que eu entre por elas e dê graças ao Senhor.
20 - Esta é a porta do Senhor; por ela os justos entrarão.
21 - Graças te dou porque me ouviste, e te tornaste a minha salvação.
22 A pedra que os edificadores rejeitaram, essa foi posta como pedra angular.
23 - Foi o Senhor que fez isto e é maravilhoso aos nossos olhos.
24 - Este é o dia que o Senhor fez; regozijemo-nos, e alegremo-nos nele.
25 - Ó Senhor, salva, nós te pedimos; ó Senhor, nós te pedimos, envia-nos a prosperidade.
26 - Bendito aquele que vem em nome do Senhor; da casa do Senhor vos bendizemos.
27 - O Senhor é Deus, e nos concede a luz; atai a vítima da festa com cordas às pontas do altar.
28 - Tu és o meu Deus, e eu te darei graças; tu és o meu Deus, e eu te exaltarei.
29 - Dai graças ao Senhor, porque ele é bom; porque a sua benignidade dura para sempre.

A Deus toda honra e toda glória!!!

O que levar em consideração na escolha de uma profissão?

Um dos maiores dilemas da vida de um jovem é a escolha profissão, pois geralmente a escolha é feita ainda antes dos 18 anos e sob um conjunto de pressões contraditórias que desorientam bem mais que qualquer outra coisa. Sob o fogo cruzado dos interesses da família, das miragens financeiras e das projeções de status o jovem constrói quase sempre uma opção que trai sua vocação e seus desejos.

Quem opta por uma profissão guiado exclusivamente pela opinião dos pais corre o sério risco de viver uma vida frustrada, pois geralmente a opinião dos mesmos é fruto da frustração, estes pais muitas vezes desejam se realizar furtando o destino dos filhos.

Outro grande equívoco é guiar a escolha profissional mirando somente os cifrões. Nenhuma profissão por si só rende sucesso financeiro, pois esta realização é fruto de uma carreira construída a base de inspiração, transpiração e muita devoção. Pesquise a história de vida de pessoas que foram (ou são) sucesso, o elemento comum em todas as carreiras será a felicidade de poder fazer o que se ama.

Ainda tem muita gente que escolhe o curso superior guiado pelas profissões em alta no mercado. Este é um dos erros mais cruéis que um indivíduo pode cometer, pois sua escolha está fundamentada em uma miragem. O mundo contemporâneo é muito dinâmico e metamórfico. Se a realidade de mercado que se vê hoje pode não ser a mesma amanhã, imagine daqui a quatro anos.

Triste mesmo é a condição de quem faz a escolha profissional focando a relação candidato/vaga dos vestibulares, pois este entregou aos descaminhos da estatística a chave da cela onde ficará encarcerado por pelo menos 30 anos.

Infelizmente a recente história do Brasil revelou a ganância de alguns empresários que destinaram seus investimentos a instituições de Ensino buscando lucros rápidos em fábricas de diplomas. A proliferação de instituições de Ensino Superior lançou mais um desafio aos estudantes: Onde estudar?

A instituição de Ensino Superior além de provocar a construção de seu conhecimento ainda trará reconhecimento ou suspeições quando estampada em seu currículo. O empregador lançará seus conceitos e (pré)conceitos sobre a avaliação que fez sobre você e quem o formou.

Busque informações junto ao MEC, junto ao PROCON e principalmente junto aos estudantes que estão matriculados na instituição que deseja estudar. Como nos lembra o professor Wagner Horta: "Não estude em escola ruim. A vítima vai ser você”.

Chame a responsabilidade para você e faça a sua escolha guiado exclusivamente por seu desejo. De maneira geral passamos cerca de 1/3 de nossa vida no ambiente de trabalho, este dado por si só explica a risco que você corre ao trair sua vocação.

Destaco também que nenhuma escolha é necessariamente definitiva. Ao perceber que o caminho escolhido não é necessariamente o que você imaginou tenha coragem de (re)orientar sua rota, buscar na bússola de seu coração o caminho que o levará ao encontro da satisfação.

Em minha vida profissional já fui limpador de piscina, vendedor de picolé, vendedor de livraria, office boy, professor, radialista, poeta, palestrante e humorista. Se me perguntam o que sou hoje simplesmente respondo: Sou um pouco de tudo isso e do muito que há por vir.

Escolha antes de tudo ser feliz. Este é o pré-requisito do sucesso.

Fabio Flores

terça-feira, 10 de novembro de 2009

A janela dos Outros - Martha Medeiros

Gosto dos livros de ficção do psiquiatra Irvin Yalom (Quando Nietzsche Chorou, A Cura de Schopenhauer) e por isso acabei comprando também seu "Os Desafios da Terapia", em que ele discute alguns relacionamentos padrões entre terapeuta e paciente, dando exemplos reais. Eu devo ter sido psicanalista em outra encarnação, tanto o assunto me fascina.
Ainda no início do livro, ele conta a história de uma paciente que tinha um relacionamento difícil com o pai. Quase nunca conversavam, mas surgiu a oportunidade de viajarem juntos de carro e ela imaginou que seria um bom momento para se aproximarem. Durante o trajeto, o pai, que estava na direção, comentou sobre a sujeira e degradação de um córrego que acompanhava a estrada... A garota olhou para o córrego a seu lado e viu águas límpidas, um cenário de Walt Disney. E teve a certeza de que ela e o pai realmente não tinham a mesma visão da vida.

Seguiram a viagem sem trocar mais palavra.
Muitos anos depois, esta mulher fez a mesma viagem, pela mesma estrada, desta vez com uma amiga. Estando agora ao volante, ela surpreendeu-se: do lado esquerdo, o córrego era realmente feio e poluído, como seu pai havia descrito, ao contrário do belo córrego que ficava do lado direito da pista. E uma tristeza profunda se abateu sobre ela por não ter levado em consideração o então comentário de seu pai, que a esta altura já havia falecido.
Parece uma parábola, mas acontece todo dia: a gente só tem olhos para o que mostra a nossa janela, nunca a janela do outro. O que a gente vê é o que vale, não importa que alguém bem perto esteja vendo algo diferente.
A mesma estrada, para uns, é infinita, e para outros, curta. Para uns, o pedágio sai caro; para outros, não pesa no bolso. Boa parte dos brasileiros acredita que o país está melhorando, enquanto que a outra perdeu totalmente a esperança. Alguns celebram a tecnologia como um fator evolutivo da sociedade, outros lamentam que as relações humanas estejam tão frias. Uns enxergam nossa cultura estagnada, outros aplaudem a crescente diversidade. Cada um gruda o nariz na sua janela, na sua própria paisagem.
Eu costumo dar uma espiada no ângulo de visão do vizinho. Deixa-me menos enclausurada nos meus próprios pontos de vista, mas, em contrapartida, me tira a certeza de tudo.
Dependendo de onde se esteja posicionado, a razão pode estar do nosso lado, mas a perderemos assim que trocarmos de lugar. Só possuindo uma visão de 360 graus para nos declararmos sábios. E a sabedoria recomenda que falemos menos, que batamos menos o martelo e que sejamos menos enfáticos, pois todos estão certos e todos estão errados em algum aspecto da análise..

É o triunfo da dúvida!!!

Vale a pena pensar nisso!

sábado, 31 de outubro de 2009

As três maiores interrogações da vida!

Certa vez um rei disse ao sábio:
"Me responda as três maiores interrogações da vida:
Qual é o momento mais importante da vida de um homem:
Quem é a pessoa mais importante na vida de um homem?
E qual é a maior missão de um homem aqui?

O sàbio respondeu:
O momento mais importante é o momento presente.
A pessoa mais importante é a que está ao seu lado.
E a missão mais importante é fazer essa pessoa feliz.
Você não veio ao mundo de espectador.
Você tem a missão de fazer alguém feliz todos os dias!

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

20 de nobembro - Dia da Consciência Negra no Brasil

No início de seu mandato o presidente Lula aprovou a inclusão do Dia Nacional da Consciência Negra no calendário escolar e tornou obrigatório o ensino de história da África nas escolas públicas e particulares do país. Embora a decisão tenha sido comemorada, alguns pesquisadores ressaltam que existem obstáculos a serem ultrapassados para que a proposta se transforme em realidade.



"Em geral, a história dada segue o livro didático e ele é insuficiente para dar conta de uma forma mais ampla e crítica de toda a história", ressalta Vasconcelos. Essa avaliação da historiadora é confirmada pela professora de história Ivanir Maia, da rede estadual paulista. "A maioria dos professores se orienta pelo livro didático para trabalhar os conteúdos em sala de aula. Nos livros de história, por exemplo, o negro aparece basicamente em dois momentos: ao falar de abolição da escravatura e do apartheid".



O 20 de novembro trata da data do assassinato de Zumbi, em 1665, o mais importante líder dos quilombos de Palmares, que representou a maior e mais importante comunidade de escravos fugidos nas Américas, com uma população estimada de mais 30 mil. Em várias sociedades escravistas nas Américas existiram fugas de escravos e formação de comunidades como os quilombos. Na Venezuela, foram chamados de cumbes, na Colômbia de palanques e de marrons nos EUA e Caribe.



Palmares durou cerca de 140 anos: as primeiras evidências de Palmares são de 1585 e há informações de escravos fugidos na Serra da Barriga até 1740, ou seja bem depois do assassinato de Zumbi. Embora tenham existido tentativas de tratados de paz os acordos fracassaram e prevaleceu o furor destruidor do poder colonial contra Palmares.



PROPOSTA ANTIGA
Há 32 anos, o poeta gaúcho Oliveira Silveira sugeria ao seu grupo que o 20 de novembro fosse comemorado como o "Dia Nacional da Consciência Negra", pois era mais significativo para a comunidade negra brasileira do que o 13 de maio. "Treze de maio traição, liberdade sem asas e fome sem pão", assim definia Silveira o "Dia da Abolição da Escravatura" em um de seus poemas. Em 1971 o 20 de novembro foi celebrado pela primeira vez. A idéia se espalhou por outros movimentos sociais de luta contra a discriminação racial e, no final dos anos 1970, já aparecia como proposta nacional do Movimento Negro Unificado.



A diversidade de formas de celebração do 20 de novembro permite ter uma dimensão de como essa data tem propiciado congregar os mais diferentes grupos sociais. "Os adeptos das diferentes religiões manifestam-se segundo a leitura de sua cultura, para dali tirar elementos de rejeição à situação em que se encontra grande parte da população afro-descendente. Os acadêmicos e os militantes celebram através dos instrumentos clássicos de divulgação de idéias: simpósios, palestras, congressos e encontros; ou ainda a partir de feiras de artesanatos, livros, ou outras modalidades de expressão cultural.
.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

15 de Outubro - Dia do Professor

Verdades da Profissão de ProfessorNinguém nega o valor da educação e que um bom professor é imprescindível. Mas, ainda que desejem bons professores para seus filhos, poucos pais desejam que seus filhos sejam professores. Isso nos mostra o reconhecimento que o trabalho de educar é duro, difícil e necessário, mas que permitimos que esses profissionais continuem sendo desvalorizados. Apesar de mal remunerados, com baixo prestígio social e responsabilizados pelo fracasso da educação, grande parte resiste e continua apaixonada pelo seu trabalho.A data é um convite para que todos, pais, alunos, sociedade, repensemos nossos papéis e nossas atitudes, pois com elas demonstramos o compromisso com a educação que queremos. Aos professores, fica o convite para que não descuidem de sua missão de educar, nem desanimem diante dos desafios, nem deixem de educar as pessoas para serem “águias” e não apenas “galinhas”. Pois, se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela, tampouco, a sociedade muda.

domingo, 4 de outubro de 2009

Duas moedas!!!

No mundo dos negócios todos são pagos em duas moedas: dinheiro e experiência. Agarre a experiência primeiro, o dinheiro virá depois.
Harold Geneen

sábado, 19 de setembro de 2009

Que os sonhos sejam mais poderosos que os fatos, que a esperança sempre triunfe sobre a experiência, que a risada cure o pesar, e que o amor seja mais forte que a morte.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Se o homem nunca fugisse da norma, teria um comportamento repetitivo e seria só um mamífero a mais na Terra!


Componentes da personalidade criativa:
  • curiosidade
  • ousadia
  • humor
  • flexibilidade
  • visão descondicionada
  • originalidade
  • tolerância
  • auto-estima e iniciativa

sábado, 5 de setembro de 2009

O professor precisa acompanhar a evolução dos tempos!


“A VOLTA DO PROFESSOR TEIXEIRA”

Em pleno século XX o Sr. Teixeira, um grande professor brasileiro do século XVIII, voltou ao Brasil e, chegando à sua cidade, ficou abismado com o que viu:



  • as casa eram altíssimas e cheias de janelas,


  • as ruas eram pretas e passavam umas sobre as outras, com uma infinidade de máquinas andando em velocidade,


  • o povo falava muitas palavras que o professor Teixeira não conhecia (poluição, telefone, avião, rádio, metrô, cinema, televisão...).


  • As roupas deixavam o Professor ruborizado.


  • Tudo havia mudado! Muito surpreso e preocupado ele visitou a cidade inteira e, cada vez mais compreendia menos o que estava acontecendo.

    Resolveu então visitar uma Igreja, mas que susto levou, o padre rezava a missa, não em latim, mas em português e de costas para o altar, o órgão estava parado e um grupo de cabeludos tocava nas guitarras uma música estranha, ao invés do canto gregoriano.

    O desespero do Professor aumentava...

    Resolveu ainda visitar algumas famílias. Mas... o que significava aquilo? Depois de jantar todos se reuniam durante muitas horas para “adorar” um aparelho que mostrava imagens e emitia sons. O Professor Teixeira ficou impressionado com tanta capacidade de concentração... Ninguém falava uma palavra diante do aparelho.
    Tudo havia mudado completamente e o Professor Teixeira desanimava cada vez mais, até que resolveu visitar uma escola. Foi uma idéia sensacional porque quando lá chegou, achou o que procurava - tudo continuava da mesma forma como ele havia deixado - as carteiras uma atrás da outra, o professor falando, falando, falando... e os alunos escutando, escutando, escutando...





quinta-feira, 3 de setembro de 2009

"Onde há música não pode haver maldade."


Numa folha qualquer eu desenho um sol amarelo
E com cinco ou seis retas éfácil fazer um castelo...
Corro o lápis em torno da mão e me dou uma luva
E se faço chover com dois riscos tenho um guarda-chuva...
Se um pinguinho de tinta cai num pedacinho azul do papel
Num instante imagino uma linda gaivota a voar no céu...

Vai voando contornando a imensa curva Norte e Sul Vou com ela
Viajando Havaí Pequim ou Istambul Pinto um barco a vela Branco navegando
É tanto céu e mar num beijo azul...
Entre as nuvens Vem surgindo um lindo avião rosa e grená
Tudo em volta colorindo com suas luzes a piscar...

Basta imaginar e ele está partindo, sereno e lindo
Se a gente quiser ele vai pousar...
Numa folha qualquer eu desenho um navio de partida
Com alguns bons amigos bebendo de bem com a vida...
De uma América a outra eu consigo passar num segundo giro um simples compasso
E num círculo eu faço o mundo...
Um menino caminha e caminhando chega no muro
E ali logo em frente a esperar pela gente
O futuro está...
E o futuro é uma astronave que tentamos pilotar
Não tem tempo, nem piedade nem tem hora de chegar sem pedir licença
Muda a nossa vida e depois convida a rir ou chorar...
Nessa estrada não nos cabe conhecer ou ver o que virá o fim dela ninguém sabe bem ao certo onde vai dar vamos todos
Numa linda passarela
De uma aquarela que um dia enfim descolorirá...
Numa folha qualquer eu desenho um sol amarelo(Que descolorirá!)
E com cinco ou seis retas
É fácil fazer um castelo(Que descolorirá!)
Giro um simples compasso num círculo eu faço
O mundo(Que descolorirá!)...

"Cada homem traz consigo, ao nascer, um talento especial."



Todos os dias Deus nos dá um momento em que é possível mudar tudo que nos deixa infelizes.

O instante mágico é o momento em que um sim ou um não pode mudar toda a nossa existência.

Atitudes Vencedoras!!!



Para ser feliz, você não precisa de grandes conquistas materiais.

Você já tem o pôr-do-sol, as estrelas, os pássaros, o sorriso dos seus amigos, seus irmãos... Agradeça a Deus, pois você tem tua vida, tem o dia que está começando, sua força e determinação.

Com todos esses presentes da vida, o resto você constrói.

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Sociologia - Um espaço para o debate das questões Sociais!



Não é gostoso ficar sem ter o que fazer;

o divertido é estar cheio de obrigações e não fazer nada.
Mary Little

Sociologia - Entendimento de Mundo - Exercício Intelectual





A fala só é bonita quando ela nasce de uma longa e silenciosa escuta. É na escuta que o amor começa.

E é na não-escuta que ele termina.
Rubens Alves

Análise da diversidade!!!

A Sociologia passa a se parte integrante da formação profissional de nível médio e superior, capaz de desenvolver noções de responsabilidade social e espírito crítico em relação à realidade próxima com a qual o estudante se identifica e à totalidade mais ampla na qual se insere!!!




Maquetes do Ensino Médio!!! Realidade Social!

O ensino da Sociologia envolve um amplo estudo teórico, com o exercício da análise, da reflexão crítica e do discernimento em relação à vida cotidiana e ao estudo da sociedade na qual se insere no educando.











terça-feira, 4 de agosto de 2009

Estudar exige disciplina intelectual!!!

Estudar não é fácil!
Por que estudar é criar e recriar e não copiar o que os outros dizem.
Estudar é um dever revolucionário!!!

Portanto, é fundamental que o estudante adquira uma compreensão


e uma percepção nítida dos valores.


Tem de aprender a ter um sentido bem definido do belo e do moralmente bom.


Paulo Freire

terça-feira, 21 de julho de 2009

A compaixão é a compreensão da igualdade de todos os seres, é o que nos dá força interior!!



Cada um de nós tende a ser condescendente consigo mesmo.

Olhamos para nós mesmos com benevolência.

Se alguma coisa e ruim acontece conosco, sempre temos a propensão de atribuir a culpa aos outros.

Nós nos recusamos a penetrar em nosso interior.
Dalai Lama

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Jeito de Ser


Existe uma coisa difícil de ser ensinada e que, talvez por isso, esteja cada vez mais rara: a elegância do comportamento.
É um dom que vai muito além do uso correto dos talheres e que abrange bem mais do que dizer um simples obrigado diante de uma gentileza. É a elegância que nos acompanha da primeira hora da manhã até ahora de dormir e que se manifesta nas situações mais prosaicas, quando não há festa alguma nem fotógrafos por perto.
É uma elegância desobrigada.É possível detectá-la nas pessoas que elogiam mais do que criticam. Nas pessoas que escutam mais do que falam. E quando falam, passam longe da fofoca, das pequenas maldades ampliadas no boca a boca.
É possível detectá-la nas pessoas que não usam um tom superior de voz ao se dirigir a frentistas.Nas pessoas que evitam assuntos constrangedores porque não sentem prazer em humilhar os outros. É possível detectá-la em pessoas pontuais. Elegante é quem demonstra interesse por assuntos que desconhece,é quem presenteia fora das datas festivas, é quem cumpre o que promete e, ao receber uma ligação, não recomenda à secretária que pergunte antes quem está falando e só depois manda dizer se está ou não está. Oferecer flores é sempre elegante.É elegante não ficar espaçoso demais. É elegante não mudar seu estilo apenas para se adaptar ao de outro.É muito elegante não falar de dinheiro em bate-papos informais. É elegante retribuir carinho e solidariedade. Sobrenome, jóias e nariz empinado não substituem a elegância do gesto. Não há livro que ensine alguém a ter uma visão generosa do mundo, a estar nele de uma forma não arrogante. Pode-se tentar capturar esta delicadeza natural através da observação,mas tentar imitá-la é improdutivo. A saída é desenvolver em si mesmo a arte de conviver, que independe de status social: é só pedir licencinha para o nosso lado brucutu, que acha que com amigo não tem que ter estas frescuras. Se os amigos não merecem uma certa cordialidade, os inimigos é que não irão desfrutá-la. Educação enferruja por falta de uso. E, detalhe: não é frescura.

segunda-feira, 6 de julho de 2009

A paz é a única forma de nos sentirmos realmente humanos.



A pessoa mais indicada para esclarecer suas dúvidas, você pode encontrar todos os dias na face de um espelho.

Crie coragem.

Olhe bem firme, até sentir que a imagem do espelho está olhando para você.

E aí então ouça os conselhos da sua consciência.

domingo, 5 de julho de 2009

A família e a escola formam uma equipe. É fundamental que ambas sigam os mesmos princípios e critérios!


“ Tudo o que a gente puder fazer no sentido de convocar os que vivem em torno da escola, e dentro da escola, no sentido de participarem, de tomarem um pouco o destino da escola também.Tudo o que a gente puder fazer nesse sentido é pouco ainda, considerando o trabalho imenso que se põe diante de nós que é o de assumir esse país democraticamente”.

Paulo Freire

A palavra de Deus é perfeita!


"Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam."
(I Corintios 2:9)

sábado, 4 de julho de 2009

Não se nasce mulher: torna-se.



Existem mulheres que lutam 1 dia - estas são boas.

Existem mulheres que lutam 1 mês - estão são ótimas.

Existem mulheres que lutam 1 ano - estas são importantes.

Existem mulheres que lutam a vida inteira - estas são insuperáveis.
O coração da mulher, como muitos instrumentos depende de quem o toca

Leitura de Mundo faz a diferença!


Um casal sai de férias para um hotel-fazenda.O homem gosta de pescar e a mulher gosta de ler.Uma manhã, o marido volta de horas pescando e resolve tirar uma soneca.Apesar de não conhecer bem o lago, a mulher decide pegar o barco do marido e ler no lago.Ela navega um pouco, ancora, e continua lendo seu livro.Chega um guardião do parque em seu barco, para ao lado da mulher e fala:- Bom dia, madame. O que está fazendo?- Lendo um livro - responde, pensando: será que não é óbvio?- A senhora está em uma área restrita em que a pesca é proibida, informa.- Sinto muito, tenente, mas não estou pescando, estou lendo.- Sim, mas com todo o equipamento de pesca! Pelo que sei, a senhora pode começar a qualquer momento. Se não sair daí imediatamente, terei de autuá-la, multá-la e processá-la.- Se o senhor fizer isso, terei que acusá-lo de assédio sexual.- Mas eu nem sequer a toquei senhora ! - diz o guardião.- É verdade, mas o senhor tem todo o equipamento. Pelo que sei, pode começar a qualquer momento.- Tenha um bom dia, madame - diz ele, e vai embora.


Moral da história:
"Nunca discuta com uma mulher que lê.Certamente ela pensa."

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Pensamento Positivo - Sempre!!!


Se ficar irado, por toda parte surgirão lanças e espadas para feri-lo.

Conserve em sua mente apenas pensamentos positivos, pois assim poderá promover a ligação com outros pensamentos positivos que estarão na mesma frequência vibratória.


quarta-feira, 1 de julho de 2009

"Para alcançar conhecimento, adicione coisas todo dia. Para alcançar sabedoria, elimine coisas todo dia." (Lao Tsé)



Não confunda jamais conhecimento com sabedoria.
Um o ajuda a ganhar a vida; o outro a construir uma vida.
Sandra Carey

sábado, 27 de junho de 2009

"Educação nunca foi despesa. Sempre foi investimento com retorno garantido." (Arthur Lewis)

Temos a liberdade de agir e de pensar, mas não podemos esquecer que a nossa liberdade termina onde começa o direito de nosso semelhante. Se não soubermos aceitar em nós a disciplina que exigimos dos outros, mais tarde haveremos de absorver o fel do arrependimento.

domingo, 21 de junho de 2009

"Educar é crescer. E crescer é viver. Educação é, assim, vida no sentido mais autêntico da palavra. "


"A educação faz com que as pessoas sejam fáceis de guiar, mas difíceis de arrastar; fáceis de governar, mas impossíveis de escravizar."

Sem autenticidade, sem educação, sem liberdade no seu significado mais amplo - na relação consigo mesmo, com as próprias ideias pré-concebidas, até mesmo com o próprio povo e com a própria história - não se pode imaginar um artista verdadeiro; sem este ar não é possível respirar.Ivan TurguenievSem autenticidade, sem educação, sem liberdade no seu significado mais amplo - na relação consigo mesmo, com as próprias ideias pré-concebidas, até mesmo com o próprio povo e com a própria história - não se pode imaginar um artista verdadeiro; sem este ar não é possível respirar.Ivan Turgueniev

A Sociologia ocupa-se, ao mesmo tempo, das observações do que é repetitivo nas relações sociais para daí formular generalizações teóricas

Sociologia é uma das ciências humanas que estuda a sociedade, ou seja, estuda o comportamento humano em função do meio e os processos que interligam os indivíduos em associações, grupos e instituições. Enquanto o indivíduo na sua singularidade é estudado pela psicologia, a Sociologia tem uma base teórico-metodológica, que serve para estudar os fenômenos sociais, tentando explicá-los, analisando os homens em suas relações de interdependência. Compreender as diferentes sociedades e culturas é um dos objetivos da sociologia.

domingo, 31 de maio de 2009

A alma humana é como a água: ela vem do Céu e volta para o Céu, e depois retorna à Terra, num eterno ir e vir. (Goethe)


Tentamos ter tudo o que queremos e corremos atrás daquilo que precisamos, portanto:
  • vigie suas palavras, porque elas se tornarão atos;
  • vigie seus atos, porque eles se tornarão seus hábitos;
  • vigie seus hábitos, porque eles se tornarão seu caráter;
  • vigie seu caráter, porque ele será o seu destino.

Três coisas trazem infelicidade: saber e não ensinar; ensinar e não fazer; ignorar e não perguntar.

A ação nem sempre traz felicidade, mas não há felicidade sem ação.
(Benjamin Disraeli)

  • Maxwell, autor do livro Ética é o melhor Negócio sugere:
  • Assuma a responsabilidade por seus atos;
    Desenvolva a disciplina pessoal;
    Conheça suas fraquezas;
    Alinhe suas prioridades e seus valores;
    Admita logo seus erros e peça desculpas;
    Tome cuidado dobrado com as finanças,
    Coloque a família antes do trabalho;
    Valorize as pessoas.
    Pensando na proposta acima descrita e muito nos acontecimentos atuais, vale a pena lembrar que não importa o que as pessoas fazem conosco. O que realmente importa é o que estamos fazendo com nós mesmos e o que permitimos que os outros nos façam.
    É aí que entra a sua enorme responsabilidade em virar esse jogo.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Nenhuma Sociedade se eleva e propera equilibradamente sem o indispensável pilar da EDUCAÇÃO!!!


A Secretaria de Educação Básica zela pela educação infantil, ensino fundamental e ensino médio. A educação básica é o caminho para assegurar a todos os brasileiros a formação comum indispensável para o exercício da cidadania e fornecer-lhes os meios para progredir no trabalho e em estudos posteriores. São dois os principais documentos norteadores da educação básica:



  • a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 e o Plano Nacional de Educação (PNE), Lei nº 10.172/2001, regidos, naturalmente, pela
    Constituição da República Federativa do Brasil.


  • A educação básica (ou ensino básico) é a designação dada ao nível de ensino correspondente aos primeiros anos de educação formal. Esta denominação corresponde, consoante o sistema educativo que o ministra, a um conjunto específico de anos de escolaridade, correspondendo, na generalidade dos casos, aos primeiros 4 a 9 anos de escolaridade. De acordo com a Classificação Internacional Normalizada da Educação (International Standard Classification of Education, ISCED), a educação básica inclui:


  • (1) a educação primária, o primeiro estágio da educação básica, correspondente à aprendizagem básica da leitura, da escrita e das operações matemáticas simples;


  • e (2) o ensino secundário inferior, o segundo estágio do processo de escolarização, correspondente à consolidação da leitura e da escrita e às aprendizagens básicas na área da língua materna, história e compreensão do meio social e natural envolvente. Alguns sistemas educativos, em particular os de países em desenvolvimento, incluem na educação básica a educação pré-escolar e os programas de ensino de segunda oportunidade destinados à alfabetização de adultos. Num contexto mais genérico, educação básica designa o conjunto de actividades educativas, formais, não formais e informais, destinadas a satisfazer as necessidades básicas de aprendizagem, em geral correspondentes aos primeiros estágios do processo de alfabetização.

Conhecer é tarefa de sujeitos, não de objetos. E é como sujeito e somente enquanto sujeito, que o homem pode realmente conhecer.Paulo freire

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Sócrates - Só sei que nada Sei!

Sócrates foi, provavelmente, a figura mais enigmática de toda a história da filosofia, ele por si só foi um problema filosófico.


O Conhecimento do Homem

Ele acreditava na imortalidade da alma e que ele próprio recebeu em sua vida uma missão do deus Apolo para que ele defendesse o Conhece-te a Ti Mesmo. Dessa forma a filosofia torna-se um incessante exame de si e dos outros colocando o homem e os seus problemas como centro dos interesses da filosofia. A sabedoria passa a ter como objeto de pesquisa o homem. A Sabedoria Humana é o quanto o homem pode saber sobre o próprio homem. Sócrates busca responder a questão de qual é o ser, a natureza última, a essência do homem. A essa pergunta Sócrates responde que o homem é a sua alma, e a alma do homem é a sua razão. A alma do homem é a sua consciência. A alma é o que dá ao homem a sua personalidade intelectual e moral. Cuidar de si mesmo é cuidar da própria alma mais do que do corpo. O educador tem assim por tarefa ensinar os homens a cuidar da própria alma. Sócrates considerava-se um educador e como tal tinha por tarefa ensinar as pessoas a cuidar da alma mais do que do corpo e das riquezas. Ele buscava a virtude e a virtude não nasce da riqueza nem do culto ao corpo, tão próprio dos atenienses da época. O corpo tem que ser um instrumento da alma, da sabedoria. Conhecer a si mesmo é conhecer a própria alma.

A missão de Sócrates é conhecer a realidade humana, investigar o homem e a sua alma. A filosofia deve levar o homem a conhecer a si mesmo, conhecer os seus limites, as suas possibilidades. Busca a justiça e a solidariedade. A relação do homem com ele e com os outros e a relação dos outros com ele. Para ele o limite de sua sabedoria era a sua própria ignorância ? Só sei que nada sei. Os erros que cometemos em nossa vida são culpa da nossa ignorância. Não se proclamava sábio e tentava fazer com que as pessoas se sentissem ignorantes e que admitissem a sua ignorância e fazia isso através do perguntar e do questionar, Sócrates tanto fez isso que conquistou diversas inimizades.

domingo, 17 de maio de 2009

Amigos são jóias raras!!!


Era uma vez um garoto que tinha um temperamento muito explosivo. Um dia ele recebeu um saco cheio de pregos e uma placa de madeira. O pai disse a ele que martelasse um prego na tábua toda vez que perdesse a paciência com alguém. No primeiro dia o garoto colocou 37 pregos na tábua. Já nos dias seguintes, enquanto ele ia aprendendo a controlar sua raiva, o número de pregos martelados por dia foram diminuindo gradativamente. Ele descobriu que dava menos trabalho controlar sua raiva do que ter que ir todos os dias pregar diversos pregos na placa de madeira... Finalmente chegou um dia em que o garoto não perdeu a paciência em hora alguma. Ele falou com seu pai sobre seu sucesso e sobre como estava se sentindo melhor em não explodir com os outros e o pai sugeriu que ele retirasse todos os pregos da tábua e que a trouxesse para ele. O garoto então trouxe a placa de madeira, já sem os pregos, e entregou a seu pai. Ele disse: Você está de parabéns, meu filho, mas dê uma olhada nos buracos que os pregos deixaram na tábua, a tábua nunca mais será como antes. Quando você diz coisas estando com raiva, suas palavras deixa marcas como essas. Você pode enfiar uma faca em alguém e depois retirá-la. Não importa quantas vezes você peça desculpas, a cicatriz ainda continuará lá. Uma agressão verbal é tão ruim quanto uma agressão física. Amigos são como jóias raras. Eles te fazem sorrir e te encorajam para alcançar o sucesso. Eles te emprestam o ombro, compartilham dos teus momentos de alegria, e sempre querem ter seus corações abertos para você.

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Dengue - Uma doença infecciosa! É melhor se cuidar!!!


Atualmente, a dengue é considerada um dos principais problemas de saúde pública de todo o mundo



Formas de apresentação:
A dengue pode se apresentar – clinicamente - de quatro formas diferentes formas:


  • Infecção Inaparente

  • Dengue Clássica

  • Febre Hemorrágica da Dengue

  • Síndrome de Choque da Dengue.

Dentre eles, destacam-se a Dengue Clássica e a Febre Hemorrágica da Dengue.
- Infecção Inaparente: a pessoa está infectada pelo vírus, mas não apresenta nenhum sintoma. A grande maioria das infecções da dengue não apresenta sintomas. Acredita-se que de cada dez pessoas infectadas apenas uma ou duas ficam doentes.
- Dengue Clássica: Dengue Clássica é uma forma mais leve da doença e semelhante à gripe. Geralmente, inicia de uma hora para outra e dura entre 5 a 7 dias. A pessoa infectada tem febre alta (39° a 40°C), dores de cabeça, cansaço, dor muscular e nas articulações, indisposição, enjôos, vômitos, manchas vermelhas na pele, dor abdominal (principalmente em crianças), entre outros sintomas.
Os
sintomas da Dengue Clássica duram até uma semana. Após este período, a pessoa pode continuar sentindo cansaço e indisposição.
- Dengue Hemorrágica: Dengue Hemorrágica é uma doença grave e se caracteriza por alterações da coagulação sanguínea da pessoa infectada. Inicialmente se assemelha a Dengue Clássica, mas, após o terceiro ou quarto dia de evolução da doença surgem hemorragias em virtude do sangramento de pequenos vasos na pelo e nos órgãos internos.


A Dengue Hemorrágica pode provocar hemorragias nasais, gengivais, urinárias, gastrointestinais ou uterinas.
Na
Dengue Hemorrágica, assim que os sintomas de febre acabam a pressão arterial do doente cai, o que pode gerar tontura, queda e choque. Se a doença não for tratada com rapidez, pode levar à morte.
- Síndrome de Choque da Dengue:Esta é a mais séria apresentação da dengue e se caracteriza por uma grande queda ou ausência de pressão arterial. A pessoa acometida pela doença apresenta um pulso quase imperceptível, inquietação, palidez e perda de consciência. Neste tipo de apresentação da doença, há registros de várias complicações, como alterações neurológicas, problemas cardiorrespiratórios, insuficiência hepática, hemorragia digestiva e derrame pleural.
Entre as principais manifestações neurológicas, destacam-se: delírio, sonolência, depressão, coma, irritabilidade extrema, psicose, demência, amnésia, paralisias e sinais de meningite.


Se a doença não for tratada com rapidez, pode levar à morte.

domingo, 26 de abril de 2009

Émile Durkheim - Para o sociólogo francês, a principal função do professor é formar cidadãos capazes de contribuir para a harmonia social

Durkheim acreditava que a sociedade seria mais beneficiada pelo processo educativo.
Para ele, “a educação é uma socialização da jovem geração pela geração adulta”. E quanto mais eficiente for o processo, melhor será o desenvolvimento da comunidade em que a escola esteja inserida.

A história da sociedade até os nossos dias é a história da luta de classes.

Quanto menos comes...
bebes...
compras livros... e vais ao teatro, pensas, amas, teorizas, cantas, sofres, praticas esporte, etc., mais economizas e mais cresce o teu capital. És menos, mas tens mais.
Assim todas as paixões e atividades são tragadas pela cobiça.
Karl Marx

terça-feira, 7 de abril de 2009

Victor, " O Menino Selvagem de Aveyron"


Os homens fazem a sua própria história, mas não o fazem como querem... a tradição de todas as gerações mortas oprime como um pesadelo o cérebro dos vivos.


O "menino selvagem" Victor de Aveyron é um dos casos mais conhecidos de seres
humanos criados livres em ambiente selvagem. Provavelmente abandonado numa floresta
aos 4 ou 5 anos, foi objeto de curiosidade e provocou discussões acaloradas
principalmente na França, onde o caso ocorreu.
Sua história oficial começa em 1797, quando um menino inteiramente nu, que fugia do
contato com as pessoas, foi visto pela primeira vez na floresta de Lacaune. Em 9 de
janeiro de 1800 foi registrado seu aparecimento num moinho em Saint-Sernein, distrito de
Aveyron. Tinha a cabeça, os braços e os pés nus; farrapos de uma velha camisa cobriam o
resto do corpo. Era um menino de cerca de 12 anos de idade, media 1,36 m, tinha a pele
branca e fina, rosto redondo, olhos negros e fundos, cabelos castanhos e nariz comprido e
aquilino. Sua fisionomia foi descrita como graciosa; sorria involuntariamente e seu corpo
apresentava a particularidade de estar coberto de cicatrizes.
Victor não pronunciava nenhuma palavra e parecia não entender nada do que falavam com
ele. Apesar do rigoroso inverno europeu, rejeitava roupas e também o uso de cama,
dormindo no chão sem colchão. Quando procurava fugir, locomovia-se apoiado nas mãos
e nos pés, correndo como os animais quadrúpedes.

Estudo sociológico do caso:
Alguns médicos, como os franceses Esquirol (1772-1840) e Pinel (1745-1826),
diagnosticaram o menino selvagem como idiota (nomenclatura que hoje corresponde à
deficiência mental grave). Talvez por essa razão tenha sido abandonado pelos pais.
O médico psiquiatra Jean-Marie Gaspard hard, diretor de um instituto de surdos-mudos,
não compartilhava da opinião dos colegas. Propôs uma questão:
  • Quais as conseqüências da privação do convívio social e da ausência absoluta da educação social humana para a inteligência de um adolescente que viveu assim, separado de indivíduos de sua espécie?
    Ele acreditava que a situação concreta de abandono e afastamento da civilização explicava
    o comportamento diferente do menino Victor, contrapondo-se ao diagnóstico de
    deficiência mental para o caso.
    Em seu livro A educação de um homem selvagem, publicado em 1801, Itard apresenta seu
    trabalho com o menino selvagem de Aveyron, descrevendo as etapas de sua educação:

  • ele já é capaz de sentar-se convenientemente à mesa,

  • tirar a água necessária para beber

  • levar ao seu benfeitor as coisas de que necessita

  • diverte-se ao empurrar um pequeno carrinho e
    começa também a ler. Cinco anos mais tarde já fabricava pequenos objetos e podava as
    plantas da casa. A partir desses resultados Itard reforçou sua tese de que os hábitos
    selvagens e a aparente deficiência mental iniciais eram apenas e tão-somente resultados de
    uma vida afastada de seus semelhantes e da civilização.
    Acompanhando de perto e trabalhando vários anos com Victor para educa-lo, Itard
    formula a hipótese de que a maior parte das deficiências intelectuais e sociais não é inata,
    mas tem sua origem na ausência da socialização, na falta de comunicação com os
    semelhantes principalmente pela palavra. Aproximando-se da visão sociológica dos fatos
    sociais, o pesquisador concluiu que o isolamento social prejudica a sociabilidade do
    indivíduo. E a sociabilidade é a base da vida em sociedade.
    Os estudos de Itard reforçam um dos fundamentos da Sociologia: os fatos sociais, embora
    exteriores, são introjetados pelo indivíduo e exercem sobre ele um poder coercitivo, já que
    determinam seu comportamento.

sexta-feira, 3 de abril de 2009

Depende de Nós!!!

"As coisas não dão errado e partem seu coração e o tornam amargo e fazem você desistir. Elas acontecem para te decompor e reconstruí-lo de modo que você possa se tornar tudo aquilo que você foi destinado a ser."



"Daqui a cinco anos você estará bem próximo de ser a mesma pessoa que é hoje, exceto por duas coisas: os livros que ler e as pessoas de quem se aproximar"
(Charles Jones)

domingo, 29 de março de 2009

Para Weber a Sociologia é uma ciência que procura compreender a ação social.

MAX WEBER (1864-1920)
Para Weber a sociedade pode ser compreendida a partir do conjunto das ações individuais.


Estas são todo tipo de ação que o indivíduo faz, orientando-se pela ação de outros.
Só existe ação social, quando o indivíduo tenta estabelecer algum tipo de comunicação, a partir de suas ações com os demais.
Weber estabeleceu quatro tipos de ação social. Estes são conceitos que explicam a realidade social, mas não são a realidade social:
1 – ação tradicional: aquela determinada por um costume ou um hábito arraigado;
2 – ação afetiva: aquela determinada por afetos ou estados sentimentais;
3 – racional com relação a valores: determinada pela crença consciente num valor considerado importante, independentemente do êxito desse valor na realidade;
4 – racional com relação a fins: determinada pelo cálculo racional que coloca fins e organiza os meios necessários.
Nos conceitos de ação social e definição de seus diferentes tipos, Weber não analisa as regras e normas sociais como exteriores aos indivíduos.
Para ele as normas e regras sociais são o resultado do conjunto de ações individuais.
Na sua concepção o método deve enfatizar o papel ativo do pesquisador em face da sociedade.

O homem não teria alcançado o possível se, repetidas vezes, não tivesse tentado o impossível!

sexta-feira, 27 de março de 2009

Quem experimenta a beleza está em comunhão com o sagrado.


Todo jardim começa com uma história de amor...
Antes que qualquer árvore seja plantada ou um lago construído
é preciso que eles tenham nascido dentro da alma.
Quem não planta jardim por dentro, não planta jardins por fora
e nem passeia por eles.

Rubem Alves - Ele tem a palavra...


Se eu fizer os exames vestibulares, não passarei.
E se o novo reitor da UNICAMP fizer os vestibulares, não passará.
Se o Ministro da Educação fizer os vestibulares, não passará.
Se os professores das universidades fizerem os vestibulares, não passarão.
Se os professores dos cursinhos que preparam os alunos para passar nos vestibulares fizerem os vestibulares, não passarão (cada professor só passará na disciplina em que é especialista...).
Se aqueles que preparam as questões para os vestibulares fizerem os vestibulares, não passarão.
Então me digam, por favor: por que é que os jovens adolescentes têm de passar no vestibular?
Os vestibulares são um desperdício de tempo, de dinheiro, de vida e de inteligência.
Passados os exames, a memória (inteligente) se encarrega de esquecer tudo.
A memória não carrega peso inútil. "

terça-feira, 17 de março de 2009

Rubem Alves Conversas com quem gosta de Ensinar!

"Não sei como preparar o educador.Talvez poruqe isso não seja possível nem necessário,nem possiível...

É necessário acordá-lo.E aí aprenderemos que educadores não se estinguiram como tropeiros e caixeiros. Poruqe, talvez,nem caixeiros e tropeiros tenham desaparecido,mas permaneçam como memórias de um passado que está mais próximo do nosso futuro que o ontem.

Basta que os chamemos de seu sono,por um ato de amor e coragem. E talve,acordados,repetirão o milagre da instauração de novos mundos."

Rubem Alves

A idade de ser feliz!



Existe somente uma idade para ser feliz.

Somente uma época na vida de cada pessoa em que pe possível sonhar e fazer planos.

Ter bastante energia para viver, apesar de todas as dificuldades e obstáculos.

Uma só idade para a gente se encantar com a vida, viver alegremente e desfrutar tudo com toda intensidade.Fase dourada em que a gente pode criar e recriar a vida à nossa própria imagem, sorrindo, cantando, brincando e dançando.Vestir-se com todas as cores sem preconceito nem pudor.Tempo de entusiasmo e de coragem, em que todo desafio é um convite a lutar com muita disposição de se tentar algo de novo e quantas vezes for preciso.

Essa idade de chama PRESENTE e é tão passageira que tem apenas a duração do instante que passa. Aproveite o máximo cada instante da sua vida, com muita disposição e alegria.

Crie em sua vida motivos suficientes para ser verdadeiramente feliz, seja qual for sua idade!!!

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

O professor está sempre errado!


Quando...

É jovem não tem experiência

É velho,eta superado

Fala em voz alta,vive gritando

Fala em tom normal,ninguém escuta

Não falta à aula,é um "caxias"

Precisa faltar,é um turista

Conversa com os professores

Está falando mal dos alunos

Não conversa é desligado

Dá muita matéria,não tem dó dos alunos

Dá pouca matéria,não prepara os alunos

Brinca com a turma,é metido a engraçado

Não brinca com a turma,é um chato

Chama a atenção, é um grosso

Não chama a atenção,,não sabe se impor

A prova é longa,não dá tempo

A prova é curta,tira as chances dos alunos

Escreve muito,nao explica

Explica muito, o caderno nõ tem nada

Fala corretamente,ninuguém entende

Fala a "língua" do aluno,não tem vocabulário

Exige,é rude

Elogia, é debochado

O aluno é reprovado,é perseguição

O aluno é aprovado, "deu mole"

É ,professor está sempre errado

Mas,se você leu até aqui,agradeça a ele!

Como uma onda no mar! Lulu Santos


Nada do que foi será

De novo do jeito que já foi um dia

Tudo passa, tudo sempre passará

A vida vem em ondas como o mar

Num indo e vindo infinito

Tudo que se vê não éIgual ao que a gente viu há um segundo

Tudo muda o tempo todo no mundo

Não adianta fugir

Nem mentir pra si mesmo

Agora

Há tanta vida lá fora, aqui dentro

Sempre como uma onda no mar

Como uma onda no mar

Como uma onda no mar

Nada do que foi será

De novo do jeito que já foi um dia

Tudo passa, tudo sempre passará

A vida vem em ondas como o mar

Num indo e vindo infinito

Tudo que se vê não éIgual ao que a gente viu há um segundo

Tudo muda o tempo todo no mundo

Não adianta fugirNem mentir pra si mesmo

Agora

Há tanta vida lá fora, aqui dentro

Sempre como uma onda no mar

Como uma onda no mar

Como uma onda no mar

Como uma onda no mar

Como uma onda no mar

Como uma onda no mar ...

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Andaimes e Construção!!!


Nos fundos do pátio,onde eu moro,está surgindo um edifício.

Fz quase um ano que um punhado de valentes pedreiros lá trabalha,dia após dia,noite adentro.

O edifício sobe aos poucos,palmo a palmo,metro a metro.

Eu nunca acompanhara,assim de perto,todo o complexo e lento do ritual de um grande edifício em construção,desde sua base inicial.

Ultimamente,fixei-me num detalhe:os andaimes do edifício v~em surgindo,nos fundos do pátio onde eu moro.

O andaimes sobem à medida que o prédio se eleva.Andaimes modernos,com todas as cautelas de segurança.Empilhar,embutit janelas e aprumar paredes a 50,80 ou 130 metros de altura, tem lá seus riscos,suas vertigens,seus perigos constantes.São uns valentes,esses obreiros das grandes altitudes.

O prédio que eu vi surgir,desde seus fundamentos,está quase pronto:32 andares e os andaimes estão desaparecendo,gradativamente.Foram útéis,mas já estão sobrando agora.

Cumpriram sua tarefa,na parte externa o edifício foi concluído.Oacabamento interno,onde os operários trabalham agora,nao reclama andaimes.

Adaimes e construções...

Acompanhando de perto o nascimento daquele grande edifício de 32 andares, a ilação brotou espontaneamente...

DEUS É O VERDADEIRO ARQUITETO DO UNIVERSO!

O grande engenheiro do mundo,da vida,mas ele convidou-nos a colaborar na construção do mundo,da história,da civilização.

Gente séria,comprometida com a obra,dos pés à cabeça.

Penso em mim mesmo.E sinto-me com jeito de andaimes...

Andaime ajuda.Andaime cumpre serviço.

O prédio da vida,do mundo, da história...é Deus que constrói basicamente.Como arquiteto-mor,como engenheiro principal.Nós,homens,entramos como andaimes...

O andaime não é essencial,mas ajuda,complementa.

Por isso mesmo, o andaime é humilde.Faz o serviço,cumpre sua tarefa e depois se retira ou é retirado...

Senhor,às vezes quero fazer tudo sozinho,sem ti.

Outras vezes,penso em realizar tudo sozinho e não precisas de mim.

Que eu aprenda,Senhor, a lição dos prédios:meu papel é ser andaime.

É tão gratificante ser andaime.

Um simles andaime.

Nada mais!!!